Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

4 formas de lidar com a desilusão *alerta cliché*

Lidar com a desilusão é um processo que envolve persistência e capacidade de superação. A desilusão é quase um acto de perda, onde dispomos sempre das mais altas expectativas que acabam por sair furadas, e o que advém daí...depende da nossa capacidade cabal de resposta que nem sempre é capaz.

Toquei neste assunto porque me é sensível e porque vejo que cada vez mais as pessoas lidam mal com as derrotas na vida. Confesso que nem sempre sou capaz de ter capacidade de resposta emocional à desilusão no momento porque a expectativa esbarrando no leito da morte, acaba-se por ficar sem chão para continuar. Mas, fruto de vários anos a bater com a cabeça, tenho uns truques (nem sempre usados na altura certa), que vão redundar em clichés mas que faz todo o sentido para ultrapassar o sentimento de derrota que assola tanto adultos como as crianças.

  • Procurar sempre o lado bom das coisas - parece fácil mas assumir que se perde e saber ganhar são caminhos que temos forçosamente de ter;
  • Nem todos podem ganhar - em competição na vida não há espaço para todos. Sorte é participar, azar é não tentar;
  • A expectativa tem de se distanciar do ego - o problema de jogarmos com o ego é que deixa de ser competição para ser um jogo de vida ou de morte, nem sempre amigável;
  • Nunca se lida com a desilusão sozinho - assumir interiormente que se perdeu mas ter um apoio ajuda a ultrapassar as coisas mais depressa;

E podia continuar. Creio que a ideia passou para esse lado e volto a repetir: até eu assumo que me custa seguir isto à risca mas acredito que seja o caminho ideal a tomar. Persistência e superação, sempre.

adult-alone-concrete-720362.jpg

apoio-escolar-pnl-billboard

1 comentário

Comentar post