Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Como é isto de regressar de férias?

Boa noite.

Não sabem o quão fantástico é dizer Boa Noite à uma e picos da tarde. Estou a brincar, que estupidez. Simplesmente não sei como havia de começar isto e, pronto...coisas e gamelas.

Regresso das férias, regresso ao terror que é ter horas para comer, tempo contado e MAU café para beber. As férias serviram para compôr o sono e destruir irremediavelmente a força que supunha ter de me levantar da cama e fazer coisas logo pela fresca. Até planos tinha, vejam lá. Até escrevi esses planos...que miséria de ser humano, certamente dará em caso de estudo no ano de 2300.

Estas férias serviram, sobretudo, para não trabalhar. Não sei se atingiram esta afirmação. Eu pedi férias do trabalho, exactamente para não trabalhar. O que não significa que não haja pessoas que piquem o ponto ao final do dia só para verificarem se o nível de óleo está como manda a lei (se é que entendem). Eu tirei mesmo férias, de tal forma que suponho que hoje não saberei muito bem o que faço ao certo no trabalho. Precisarei certamente de uma formação, e no limite até de uma nova entrevista só para me dizerem ao certo o que fazem naquela função.

Mas volto porque o calendário mandou. Fiz-lhe uma vistoria - não fosse eu enganar-me - e realmente hoje é dia de voltar. E com isto sinto que ainda estou na fase de negação, que preciso repousar para não entrar em colapso nervoso. Isto é muito complicado, meus amigos. Sair das férias é quase uma expectoração involuntária.

 

Esqueçam a última coise que disse.

Boa noite. (Tão bom.)

Copyrighted.com Registered & Protected 
Z3V4-KWNR-IU74-YMMD

14 comentários

Comentar post