Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Vais dizer-me que não gostas...

Domingo à tarde

Vais dizer-me que não gostas...

09.Nov.17

Desafio

A Desarrumada propôs-me isto há 20 anos e só agora dei conta...que desnaturado.

 

Nota: Só podem tomar uma das opções. Não as duas, nem nenhuma. Obrigatoriamente uma. No fim podem propôr a quem quiserem o desafio [:D]



1) Se te pagassem 100.000€ para posares na capa de uma revista, a segurar uma garrafa de champanhe numa mão e com alguém ao teu lado a dar-te morangos à boca vestido com o fato-de-banho verde do Borat, preferias que essa pessoa fosse o Manuel Luís Goucha ou o Fernando Mendes?

 

 Difícil...difícil...O Fernando Mendes. Sempre uma pessoa se ria [LOL]


2) Ias num cruzeiro, o teu barco naufragava, só havia dois sobreviventes e ambos davam à costa na mesma ilha deserta, com 4 metros x 4 metros. Teriam que obrigatoriamente conviver um com o outro todas as 24 horas do dia e ajudar-se mutuamente para sobreviver. Escolhias naufragar com o Donald Trump ou com o Kim Jong-un?

O Kim Jong-un, sem dúvida. Tem um ar mais amigável e em princípio não teria grande margem para fazer merda ali.


3) Estás de olhos vendados numa câmara de tortura a ouvir em loop os mesmos 5 CD's. Não sabes quanto tempo vais lá estar, pode ser 1 dia, pode ser um ano. Que banda sonora escolhias: Quim Barreiros ou Ana Malhoa?

Quim Barreiros. Gosto de festas populares, por isso...siga.


4) Escolhe, rápido: uma martelada no meio da mão direita ou bater com o dedo mindinho do pé esquerdo na quina de um móvel?

 Martelada na mão. O dedo mindinho dá dores infinitamente maiores.

 

5) Última pergunta desta ronda: se fosses eleito presidente de Portugal, e te fosse concedido um génio da lâmpada que só te pudesse realizar um único desejo relativamente às tuas acções políticas, tu optavas por aumentar o salário mínimo para 1100€/mês ou fazer com que nunca mais houvesse um incêndio em Portugal?

Nunca mais incêndios, sem dúvida. O dinheiro é muito importante mas a floresta faz parte de todos nós.



Nomeio a The Cherry porque falhei-lhe no desafio que me propôs.

2 comentários

Comentar post