Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

E a conversa de circunstância? Péssimo.

Sou péssimo na conversa de circunstância. Não há nada pior do que não se ter nada para dizer, ou nenhum interesse em fazê-lo, mesmo que sejamos obrigados por força do momento. E isto acontece porque não sabemos lidar com a desconexão total com a pessoa, e não se criando uma ligação emocional no imediado, as palavras não surgem e vamos buscar a conversa de circunstância, desprovido de qualquer sentimento nem de verdade absoluta (damos por nós a perguntar se está tudo bem quando na verdade nem queremos saber a resposta). E sou péssimo a fazer de conta, e aqui a linha que separa a arrogância do simples estoumecagandismo é demasiado ténue. É que as pessoas acham que existe arrogância em todo o lado, quando existem tantas figuras de estilo que a sobrepõem.

Nem é preciso ser-se letrado. 

Copyrighted.com Registered & Protected 
Z3V4-KWNR-IU74-YMMD

2 comentários

Comentar post