Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

É possível haver patriotismo?

Portugal não foi apenas eliminado do Mundial. Portugal voltou foi à Terra para continuar a trilhar o seu caminho, trabalhando nos mesmos modos e costumes de sempre, esquecendo que se mantém um Mundial de futebol por todas as televisões, porque já não interessa.

Ontem vi muitíssimo pouco do jogo mas a sensação com que fiquei, dos que vêem deste lado, é que a celeuma não se instalou com a derrota. Simplesmente houve um novo abraçar de uma ideia de esquecimento espontâneo, de quem navega ao sabor do vento. E podia aqui argumentar a falta profunda de patriotismo que nós temos, de união nacional, pela bandeira, cultura e língua, mas não vou fazê-lo.

Mas essa ideia de "estou-meborrifandismo" é uma condição que me faz uma tremenda confusão, porque além de dizer muito da pessoa que a pratica, nunca existe comprometimento com o país. Diz muito até da fraca estrutura que envolve certas ideias em certas pessoas, que ao mínimo abanão...caem. Nós sabemos que futebol leva mais gente, emociona mais gente e provoca algazarra com maior facilidade que a política, por exemplo. É normal, a política nunca será entretenimento. E o futebol faz esquecer tudo o que envolve a pessoa em particular, e o país no geral. Acabando o futebol, a capacidade que temos (era aqui que queria chegar) de mudar de chip é espantosa, as estruturas emocionais pró-Portugal deixam de existir, com o consentimento geral de que podem desligar perfeitamente a televisão porque as audiência vão cair a pique.

5b37e531a7c184c65a000001.jpeg

créditos da imagem: Esporte Interativo

apoio-escolar-pnl-billboard

4 comentários

Comentar post