Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Posso entrar? Claro que posso!

Quem não quer uma pessoa feliz na sua vida, como eu?

Seria assim, em jeito de confiançudo, que me apresentaria na porta de alguém. E é por haver confiança, amor-próprio que se quebrou o gelo, que se matou a barriga de misérias em tantas histórias que os becos escondidos puderam testemunhar. Precisamos de boas energias, de gente capaz, que nos empurre para um outro patamar que não o nosso - alavancar o sonho de alguém como se fosse nosso, é do mais nobre que pode haver. Sermos bafejados por uma aura de energia que nos permita perceber que atingimos o bem-estar com que lidamos com a própria vida. Quem não quer ser feliz, com total desprendimento pelos bens materiais, simplesmente pela sensação de se estar bem, de se desconhecer pelos melhores motivos, quem não quer? 

Por isso eu entro, entrem também. 

Sejam felizes.

 

créditos da imagem

Copyrighted.com Registered & Protected 
Z3V4-KWNR-IU74-YMMD

6 comentários

Comentar post