Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

17
Out17

Salvar Portugal

David Marinho

Chuva.

Quem nunca em criança saltou nas poças de água deixadas pela chuva? Quantos de nós, tão inocentes, chegámos a casa com a roupa vergonhosamente suja, levando ralhetes monumentais? A água foi sempre o berço da vida, e olhamos para a água com os mesmos olhos que olham os sonhadores. Gostamos de a ver à janela, debaixo de uma manta e um chá a ferver, de livro na mão esperando que se fundam as gotas que escorrem na janela com as letras que lemos. E o som, seja em enxurrada, seja aquela mais fraquinha, é um som que não iremos encontrar noutro imaginário qualquer. Ficamos a observar como se o milagre da natureza tivesse acabado de acontecer. É que a água é o berço da vida.

E hoje, como que uma prece, choveu. E como voltámos, alegres crianças, a saltar às poças, porque alguém ouviu-nos e fomos escutados. Mas desta vez havia um propósito: salvar Portugal.

 

2 comentários

Deixa a tua marca

O que procuras?

Autor disto

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram

Blogs Portugal

O que já foi escrito

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D