Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

15
Jul18

Só os doidos amam, não é?

David Marinho

Os meus olhos humedecem quando falo o teu nome. Não sei se são de esperança ou de alegria, que vão criando olheiras de cansaço e vão acalmando os ombros da tensão acumulada. Mas quando falo o teu nome, preciso de olhar para bem longe, para lá do horizonte, respirar longamente esperando que as lágrimas se arrependam e fiquem onde estão.

É que o amor quando tem apenas uns dias, é tudo muito fogoso, muito rápido, muito novinho, com cheiro a pintado de fresco. Mas o tempo trata de apodrecer, de tornar impróprio, de carimbar o caruncho e a humidade nas paredes, e de vez em quando lá vamos nós limpar aquilo, pintar de novo, partir o que não presta e arranjar de novo. Dá trabalho, sim, mas qual o amor que não dá?

E para piorar as coisas, tudo isto é de borla. Só um doido trabalharia assim sem que lhe pagassem. Por isso é que precisamos de dar por dar, fazer por fazer, sentir por sentir, sem esperar que depois nos paguem na mesma proporção. Chamo-lhe dedicação.

Porque o amor precisa de dedicação, de empréstimos a fundo perdido, de cedências. E só os doidos amam, mas ao menos têm um sentido. Só o amor desenha um sentido na nossa vida, porque é por ele que nos guiamos. Amor às pessoas, amor às coisas, amor às causas, amor à vida. 

E os meus olhos ficam assim porque passaram-se anos de pequenas reparações, de umas marcas nas paredes que não saem e tu só ganhaste uma ruga. Talvez duas.

Mas continuas tão linda.

backlit-boy-couple-556670.jpg

6 comentários

Deixa a tua marca

O que procuras?

leituras-verao-mrec

Quem sou eu?

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Imagens retiradas do banco de imagens Pexels, quando não são da minha autoria. Entrem em contacto comigo caso queiram ver apagadas as fotos que sejam do vosso direito e da vossa autoria.