Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

Domingo à tarde

o que faço para o jantar?

09.Set.17

Boa tarde!

David Marinho
 Hoje quero homenagear aquelas pessoas que dão os bons dias/tardes/noites no plano temporal diferente ao que estão, e uma dessas pessoas sou eu. Devo admitir que senti desde cedo um certo desprezo da sociedade por trocar com alguma regularidade os meus cumprimentos, uma falta de respeito por apenas me enganar e esquecer a que altura do dia estou, que não se coaduna com aquilo que estou a dizer. Fui muitas vezes apelidado de estúpido, otário e um acéfalo, pelo que o problema é (...)
05.Set.17

Bom dia, de olheiras em punho

David Marinho
Todos os dias à mesma hora, quando viro a esquina da minha rua os candeeiros apagam-se. Às vezes chego a pensar que tenho bom génio e que o espírito resolve apagar a luz dos outros para que brilhe a minha mas nada disto faz sentido, não me sinto assim tão importante nem de ego tão inchado. E vou caminhando ao longo da estrada em silêncio, com a companhia silenciosa da vida e das pessoas que vão enchendo a paragem do autocarro, onde ninguém conversa e até o bom dia é quase um (...)
22.Jul.17

Bom dia?

David Marinho
  Bom dia.  Alguém sabe como se dorme? É que me dava um certo jeito quando tenho um dia preenchido. Nunca tive grande capacidade para dormir quando e como quisesse, ao contrário de muito boa gente que desenvolveu um dom de dormir em condições extremas, mesmo contra a sua vontade. É que as manhãs são boas para agarrarmos em nós, corrermos ao café (em condições) mais (...)
17.Jul.17

Teoria do sono

David Marinho
Sono.  É como uma faca nos olhos, uma lança no coração, ou simplesmente murros já sem consciência. São horas infindáveis desejando uma cama, um colchão, algo confortável e seguro onde poder fechar os olhos e dormir. O sono é uma coisa lixada, que nasce não sei de onde e desagua na irritação, no desespero, na solidão emocional e sobretudo no café. Deveríamos ter de soprar no balão do sono todos os dias e consoante a resposta  arranjar a desculpa para ficarmos na cama (...)
15.Jun.17

Bom dia!

David Marinho
Nada melhor do que sair do trabalho com o sol a nascer. Parar num café para saborear o primeiro pão do dia, ainda quente, com a manteiga a derreter, enquanto saboreio o galão de sempre. Ainda tenho tempo de verificar as primeiras notícias do dia na televisão, enquanto a menina da meteorologia (nevermind, já não existe) nos vai dando as últimas do tempo. O tempo flui, o comboio vai dando sinal no terminal (onde pára a voz estridente do senhor que anunciava os comboios), os (...)
Copyrighted.com Registered & Protected 
Z3V4-KWNR-IU74-YMMD