Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

16.03.18

As pessoas que nos fogem pelos dedos

David Marinho
Faz hoje 5 anos que escrevi isto: "Não encontro palavras para descrever o que a vida por vezes é. Não encontro paralelo na história os momentos e a hipocrisia que a vida, por vezes, tem. Mas senti no corpo, no profundo do meu ser, nas lágrimas, o que a vida nos pode fazer. E por isso não compreendo que a mesma tenha a validade que tem para uns e para outros não. É a vida! E gostaria, não por estes dias e muito menos por hoje, que vivêssemos um bocadinho acima das nossas (...)