Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

02
Fev18

não podemos levar a mal quem nos ama de verdade, pois não?

David Marinho

Hoje fui à terra. À nossa terra, Mãe e Pai. Mãe veio em primeiro porque ela carregou-me no seu ventre, e tu não Pai. Mas viste-me cá fora, na nossa terra. Pediram-me ajuda e eu fui, e riram-se do meu mau jeito para o campo, para as enxadas e para a pouca força que tenho para o que o trabalho pede. E rimos todos, porque com o passar dos anos, é esta a única forma de encarar os bons momentos, as boas memórias. Queixas-te das costas, Pai, pensas tu que tens 20 anos. E vem a Mãe, amparar-te as dores com pomadas e comprimidos para sanar as dores. São as dores de crescimento ou da velhice? Dizemos na brincadeira que já não vais para novo, mas a verdade é que não vais mesmo. E eu quase nos 30, acreditam? Um puto, crescido, que por acaso vai tendo mais cabelo branco que vocês, que teimam em não ter nenhum. Espero que seja genética esquecida da vossa parte, senão aos 50 terei uma vida grisalha. Diz, Mãe? O que é o jantar? Pergunta ao Pai, ele é que se arma em cozinheiro. Já sabem que sou de boa boca, como tudo. Tudo não, mas o cozinheiro é o Pai, ele é que sabe. 

Então, Pai, vamos a Setúbal ver o nosso Sporting? Ele é sempre tímido, não gosta de confusões. Parece um miúdo ao meu lado, sentado na pedra ao frio. Era eu com menos 20 anos, mas ele tem 57. O tempo é intemporal, é irreversível mas dá a volta ao tempo. Mãe, vens? Ela não quer, ela deixa-se vencer pelas novelas, pelos programas das fofocas e dos mexericos. Não a condeno, chega o tempo em que quer tempo para ela. Ai Mãe, Mãe, eu dou-te descanso. Hoje sou eu que levo o Pai à bola, o pequenote.

 

não os posso levar a mal.

O que procuras?

De volta à universidade?

universitarios022018-mrec

Autor disto

Por onde ando

Queres mandar-me uma mensagem?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

+ comentados

Blogs Portugal

O que já foi escrito

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D