Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

Domingo à tarde

Não gostas, queres ver!

05
Jun17

A morte: como lidar?

David Marinho

A morte: como lidar? Podia ser o início de um qualquer colóquio, conferência ou simples conversa. Ajudaria imenso a pessoas que, como eu, sentem dificuldade em lidar com o que não vêem mas que dói mais do que qualquer outro sentimento. Escrevo a horas de ir a um funeral, que quis negar várias vezes ir mas que o respeito e a sensatez tiveram de imperar. Por isso vou mas algo contrariado. É que o funeral, como "celebração", deveria ser um acto privado, apenas possível para os que, ao longo dos anos, foram queridos e presentes para a pessoa falecida. Mas sabemos que, como qualquer "celebração", aparecem os abutres, as aves raras que teimam em qualificar e dosear o sofrimento dos outros, classificando-os de "coitadinho, não merecia" a "aquele ar cheira-me a esturro". É que cada pessoa lida de forma diferente com o sofrimento, e essa devia ser respeitado. E contra mim falo: odeio expôr o sofrimento em público.

universitarios022018-billboard
02
Jun17

E a conversa de circunstância? Péssimo.

David Marinho

Sou péssimo na conversa de circunstância. Não há nada pior do que não se ter nada para dizer, ou nenhum interesse em fazê-lo, mesmo que sejamos obrigados por força do momento. E isto acontece porque não sabemos lidar com a desconexão total com a pessoa, e não se criando uma ligação emocional no imediado, as palavras não surgem e vamos buscar a conversa de circunstância, desprovido de qualquer sentimento nem de verdade absoluta (damos por nós a perguntar se está tudo bem quando na verdade nem queremos saber a resposta). E sou péssimo a fazer de conta, e aqui a linha que separa a arrogância do simples estoumecagandismo é demasiado ténue. É que as pessoas acham que existe arrogância em todo o lado, quando existem tantas figuras de estilo que a sobrepõem.

Nem é preciso ser-se letrado. 

universitarios022018-billboard

O que procuras?

E esta, hein?

oportunidades-descontos-progressivos-mrec

Autor disto

Por onde ando

Queres mandar-me uma mensagem?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

O que já foi escrito

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D