Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

14
Jul18

Férias: ou mau tempo ou doenças

David Marinho

Domingo à tarde ficou parado uns dias, o que tem sido algo habitual este ano (não me perguntem porquê) mas voltei com uns extras: otites, amigdalites, férias estragadas e gastos para a saúde em 2 dias superiores aos últimos 2 anos. 

Neste momento estou muito bem, se me arrancassem as orelhas. É que estou a ouvir a 20% em cada ouvido, como se estivesse ininterruptamente debaixo de água. É nestas alturas que respeito imenso cada sentido do meu corpo, porque lido mal com a falta de um deles. 

No entanto, a visão permitiu-me saborear o melhor que Portugal tem para nos oferecer:

Deu para descansar? Deu. Deu para divertir? Deu. Mas o que é bom acaba depressa.

25
Mai18

Sabe como encarar uma Sexta-Feira de trabalho antes de umas férias

David Marinho

Já o tinha referido noutra altura, e eis que tive de recapitular, mas desta vez com outros argumentos:

  1. Tem de haver o fim para haver um começo. Profundo e ao mesmo tempo vago, e ao mesmo tempo estúpido.
  2. Se eu tivesse marcado férias para uma Sexta, este post não faria qualquer sentido.
  3. Vou de férias ou vou numa de deixar de trabalhar? Fica a dúvida.
  4. A partir de que idade é permitido ter férias só para comer e dormir, sem que os mais velhos tenham tendência para criticar?
  5. Gente maldosa vai dizer que tirei férias por causa da feira do livro. Mentira, nem teria ordenado suficiente para isso.
  6. Sabem aquela moleza que dá depois de almoço? Imaginem no último dia de trabalho antes das férias.
  7. Comi uma sopa, obrigado. Não era bem uma sopa, era entulho com um bocado de água no meio.
  8. Apetece-me um chocolate. Tragam-me..
  9. Eram para ser argumentos sérios. E são.
  10. Agora a sério...a afirmação presente no título era também para mim porque também não sei como encarar isto.

Trabalhem!

Esqueçam, isso aplica-se a mim também.

 

No entanto são 18h, podem sair...

 

Bom fim-de-semana!

beach-exotic-holiday-248797.jpg

22
Mai18

3 dicas de como minimizar os danos de um trabalho por turnos

David Marinho

Percebo, pelo que vou vendo aqui no Sapo, que algumas pessoas já tiveram algumas experiências de trabalho por turnos. A esses, porque suponho que deixaram essa vida, digo: "Ainda bem!". Aos que ainda andam nesta vida como eu, digo: "Ainda bem!" - também é importante ter trabalho remunerado, de preferência com alguma justiça. 

Eu entendo quando me dizem que o corpo precisa de descanso, de uma rotina de descanso e que nunca deve fugir da normalidade, biologicamente falando. Aliás, uma das minhas primeiras coisas que implementei quando fazia noites era o de fazer as refeições do dia normais, avançando no tempo, ou seja, jantando às 5 da manhã, ceando às 7h e cama.

O que me faz confusão (mas respeito) é que me digam que não conseguem ter essa vida, se lhes fosse dada essa hipótese. Conseguem, sim, mas é preciso terem algo que hoje não têm porque não precisam tanto: disciplina. É preciso disciplina de sono, de alimentação e este post é para dar-vos algumas dicas para quem sofre deste mal (como eu) ou para aqueles que um dia sofrerão com isto.

 

  1. Quer façam manhãs, tardes ou noites, convém fazer as refeições normais, adaptando o tempo. Por exemplo, se acordam às 17h depois de uma noite, essa é a hora referência para o pequeno almoço. 20h seria o vosso almoço, 23h o lanche, depois jantar, etc.
  2. Conseguem sempre dormir 8h. É preciso é pôr cabeça que deitar às 21h tem de ser uma realidade, se tiverem que acordar às 5h da manhã, por exemplo. A mim custa-me deitar tão cedo, nem na escola primária, mas é possível. E se é possível...
  3. Voltando à alimentação, uma boa alimentação, aliada ao exercício, ajuda o corpo a resistir muito mais às diferenças de tempo, a dormir melhor. O contrário, rebenta com vocês e com o vosso bem-estar geral.

E isto são algumas dicas, não profissionais mas que não põem em causa a saúde de ninguém. Convém recordar que a luz regula o nosso relógio biológico, e é por isso que as noites são naturalmente mais duras de passar. Mas se pudermos ajudar o nosso próprio corpo a regular o sistema...porque não?

adult-bench-business-man-272064.jpg

Tenham uma óptima semana.

O que procuras?

leituras-verao-mrec

Quem sou eu?

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Imagens retiradas do banco de imagens Pexels, quando não são da minha autoria. Entrem em contacto comigo caso queiram ver apagadas as fotos que sejam do vosso direito e da vossa autoria.