Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

30.Jun.18

Deus brinca com a meteorologia

David Marinho

15303447144451931316944.jpg

Esta meteorologia maluca tem dedo de Deus (Desculpem lá começar assim), só pode!

Mas tenho cá para mim uma teoria fortíssima: é que ele nao vai para novo, e como isto anda tudo estragado cá em baixo, vai testando umas coisas engraçadas só para ver até onde conseguimos aguentar. Porque nunca contou que conseguíssemos criar um ambiente de tal forma hostil, que ameaçasse de forma permanente o único sítio onde podemos viver. É que sou do tempo em que a meteorologia vinha em envelope lambido com aviso de recepção e nós, a bem ou a mal, lá nos organizávamos. Agora, presumo, aquilo lá em cima deve andar carregado com tecnologia de ponta,  bastando por isso carregar num simples botão para passarmos de um sol resplandecente e calor abrasador para uma chuvinha tropical e um frio esquisito.

Malditas tecnologias!

É chato, porque agora sou obrigado a levar todos os dias um daqueles trolleys de viagem com uma muda de roupa para cada estação.

Acham isto bem? Eu não.

E pior do que isto é ter tido uma constipação e 76 princípios de gripe a pneumonia à custa destas brincadeiras, desde que se iniciou 2018.

E eu não estou para brincadeiras.

28.Jun.18

Há sempre um burro na história

David Marinho

Que lata que tu tens.

Quer dizer, vens para aqui dizer que não tens ninguém, que ninguém gosta de ti e que és um fardo para a sociedade. O caralho, é que és!

Disse-to tantas vezes, caraças! Este mundo anda louco, matam-se uns aos outros e como se não chegasse...até se comem uns aos outros. Mas daí a seres um fardo, alto lá.

E achas que não sei? Não te deixasses levar por essa paixoneta estúpida, que te consumiu rápido como um eucalipto. Ao menos o tivesses fodido, agora isto não é nada. Manda-o pastar!

Quem é que manda em ti afinal? Quem? Tu. Repete: TU! És crescidinha para decidires que passos dar na vida, ou não? De andar de forma altiva e segura na rua, sem vergonha do que és, do que sentes ou do que fizeste. E escolhe melhor, rapariga.

Claaaaro, e tu que não tivesses de me mandar isso à cara, essas boquinhas de mendigo mal ajeitado. Fica sabendo que quem te deu a mão quando andavas na merda fui eu, esqueceste-te? Pois, burro fui eu. Há sempre um burro nesta história.

adult-beard-blur-953207.jpg

 

*ficção*

27.Jun.18

Hábitos de leitura por fases

David Marinho

Têm lido? Não? Façam-no.

No que toca a hábitos de leitura, sou de fases. Leio muito numas alturas, vários livros até, para depois entrar num calvário onde não toco num livro e volto-me para a música e pensamentos absortos. A fase em que me encontro é a de leitura diária, em qualquer esquina e muitas vezes em andamento. Sinto até que se falho um dia de leitura, fica um vazio que deveria ser preenchido pelo imaginário do que leio.

Mas tenho de confessar um problema já antigo: tenho prateleiras cheias de livros, muitos dos quais não peguei ainda. No entanto, se vejo um livro que goste...percebem? E depois acumulam-se e uma pessoa fica em stress por não conseguir dar vazão a tudo aquilo. No entanto, também vos digo, se todo o stress fosse assim...

Há algo que gostaria de lançar à discussão, que ainda não me convenceu no imediato. Eu tenho estado a ler um livro através de uma aplicação no telemóvel, e a experiência só é positiva pela ausência de peso de um livro e liberdade, no entanto acho que o papel tem outra magia, e parece que a leitura até é muito mais fluída. O que acham disto tudo?

book-stack-books-bookshop-264635.jpg

Pág. 1/5