Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

15.Nov.18

Para quê?

David Marinho
Faz-me confusão a confusão. Que não haja um recolher de pensamento obrigatório, de esperança infinita de que, parando, guardamos algum tempo para nós. Ainda hoje, acotovelado no muro que dá para o rio Tamisa, discernia sobre o facto da cidade londrina, como muitas outras cidades, não ter um segundo de sossego, que leve as pessoas a entenderem a sua existência, o porquê de tanta correria e de esgotarem todo o tempo que tinham para amar. Apreciei o tempo. Vi barcos e barcos, gente (...)
14.Nov.18

Terrorismo em Alcochete?

David Marinho
Este caso de Bruno de Carvalho e Mustafá diz muito do país que temos. Não venho proteger ninguém nem aceitar o que fizeram, que se provado pelos tribunais, é altamente condenável. Mas diz muito do país que temos porque claramente precisamos destas novelas que, mais do que informar, só servem para preencher as duas horas de jornal, quando temos imensa coisa por esse Portugal e mundo fora que merece total consideração por influenciar realmente a nossa vida, o nosso bolso e o nosso (...)
12.Nov.18

Londres: posso voltar?

David Marinho
Viajar, muito ou pouco, faz-nos crescer. Nunca vi nada que se comparasse a isto, a de crescer vivendo outras culturas, outras ideias, outras formas de estar na vida. E Londres deu-me isso.Nunca viajei muito, mas de há uns 2/3 anos para cá que o faço sempre, e tem sido uma experiência maravilhosa. Não sou pessoa de sair e espalhar o que sei para onde vou, mas sim de aprender e levar um pouco do que vejo para onde venho. E foi o que fiz, e irei voltar para aprender ainda mais.Cheguei (...)