Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

13.Out.18

O sucesso não vem nos livros

David Marinho
Vou ser polémico: os livros de auto-ajuda são uma merda. Não há, nem nunca vai haver, receitas mágicas para se ser melhor, maior e mais feliz. Ninguém, e custa-me acreditar o contrário, leu alguns livros dessa temática e ficou carregado de sabedoria, de saúde ou com uma sexualidade melhorada. Mas eu percebo o desejo intrínseco de, numa vida tremendamente agitada como a nossa, haver a necessidade de procurar receitas milagrosas para o sucesso, interior ou exterior. É como os (...)
12.Out.18

Infinidade de coisa nenhuma

David Marinho
Já sei que somos pó, porra! Quantas vezes mais tenho de te ouvir dizer que isto tudo é uma infinidade de pequenas merdas que não fazem sentido nenhum? Ah, sem esquecer que andamos às turras por pura vaidade. Ninguém anda às turras por vaidade. A vaidade é o estágio terminal da estupidez que não serve o intuito de nada. E queres continuar a fazer-me acreditar que a vaidade faz o trabalho todo?  Olha, assim de repente podias ligar. Não dizes que não ouves a minha voz e que por (...)
11.Out.18

Trazes-me uma Cerelac?

David Marinho
Sempre gostei de Cerelac. Gostam de Cerelac?Esta papa é intemporal para mim, de tal forma que de tempos a tempos vou lá dar uma vista de olhos para ver se sabe ao mesmo. Mas não sei comer Cerelac. Creio que sou um rebelde das papas que não mede ás colheres o que come, preferindo juntar uma boa camada de estuque e comer assim mesmo, sujeitando-me a ficar sem fome durante dois dias.Cerelac não é memória para mim, atenção...é gula. E para quem lida com sobrinhos como eu, ter estas (...)