Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

18.Jan.18

Oh céus, este amor por ti

David Marinho
Oh céus, a música  Que os meus ouvidos ouvem São pedaços teus de eloquência  De imaginários  De memórias  Oh céus, memórias  São pedaços teus  Que não perco.    Já sei, já sei Hora de dormir que Num rasgo de génio  Me pus a escrever Pedaços meus de qualquer coisa Que, oh céus  Só podem ser de amor Por ti. 
12.Jan.18

Inspiração de madrugada

David Marinho
Noite longa, vadia Da janela vejo eu A maresia dos teus olhos O salgado da alma  Que encontra o silêncio  Meu e teu.    Passa a ponte, o rio, Passa o tempo luz esbatida Que a velocidade de tudo isto Deixou de ser mito Dor contida.