Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

16.Mar.18

A vida é monótona porque é capitalista

David Marinho

Acordar.

            Trabalhar.

                       Dormir.

No meio de cada coisa, tudo nos pertence. Com mais ou menos vontade, o tempo vai passando, vai moendo a paciência e a virtude para as coisas que se vão passando. 

A vida só é monótona porque é capitalista. A luta é gratuita, mesmo dolorosa. O sorriso é gratuito, mesmo amarelo. O andar autoritário de quem nada teme e de quem nada deve é, naturalmente, gratuito. O sonhar, o querer, ter ambições e desejos, mesmo difíceis, são gratuitas. 

Mas ser infeliz, desequilibrado, diferente é garantia do capitalismo porque ajudar, para muita gente, é mais caro do que calcar quem já vive atascado no meio da merda. É por isso é que se propagará a ideia de que vivemos com autênticas bombas-relógio prestes a explodir, que há perigo em qualquer pedra da calçada.

Por tudo, usem o tempo: é gratuito.

IMG_20180316_084854.jpg

 

 

4 comentários

Comentar post