Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

13.Set.18

Falasse eu sempre na primeira pessoa

David Marinho

Falasse eu sempre na primeira pessoa

e talvez seria levado a ser

um hipócrita, um egocêntrico,

veneno.

 

Por isso falo na terceira

como se por cima de mim, existisse um eu

que comanda o que sou

que vê o que faço

que vive por mim.

 

Falasse eu sempre na primeira pessoa

iriam dizer que uma pessoa não é assim

que não pode ser feliz assim

que não pode ler, conversar, amar

sem que por detrás

não viva no sofrimento

do completo engano.

 

Falasse eu sempre na primeira pessoa

seria apenas eu e a minha vida

que tem tanto de interessante

como de desinteressante

porque eu vivo do equilíbrio

de estar e não estar

como um labirinto.

 

Falasse eu sempre na primeira pessoa

tudo o resto era irrelevante

e há tanta coisa boa fora de nós.