Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

20.Ago.18

Liberdade de expresssão em 2018? Por quem me tomas?

David Marinho

Para onde caminhamos, afinal?

Para quem usa, como eu, redes sociais, blogues, etc para se exprimir, faz uso de uma liberdade de expressão que nunca poderá ser posta em causa se os factos relatados não puserem em causa a sua verdadeira essência. Proferir a verdade, seja ela qual for, seja ela criticável ou não, deve ser imposta para o bom funcionamento de uma democracia em pleno estado de direito. É com a verdade que nos devemos guiar, nos devemos organizar enquanto sociedade. E fico alarmado quando as pessoas que têm uma voz as façam constantemente calar, mesmo que não sejam ofensivas e sejam alvos de um intenso escrutínio que leva a que certas mentes doentes, a ameaçarem, sabe-se lá porquê, o bem mais elementar da nossa vida, que somos nós e a nossa família, de forma disparatada e gratuita. Não percebo o que leva as pessoas a saírem do seu estado aparentemente equilibrado (penso eu) para virem espreitar e alimentar um ódio que nunca pariu em mais lado nenhum senão naquelas cabeças ocas, atrofiadas, desequilibradas e cheias de nada. 

Não aconteceu comigo, mas aconteceu com alguém muito próximo, mesmo sabendo que quem partilha algo para o público em geral está sempre mais exposto. Como nós.

Por trás de um ecrã, teclado, há uma pessoas com ideias (riam-se...). E depende dela dar-lhe um significado. E nisto somos todos iguais, todos estamos aqui para dar significado ao que queremos dizer, ao que sentimos. Pior é quando tentamos dar significado a coisas que têm o seu significado próprio, e é por isso que nem todos percebem a ironia ou o sarcasmo, dotando-se de uma capacidade de policiar a internet que eu nunca vi na minha vida como agora. 

A minha opinião é a minha opinião e aprender a dizer "eu respeito-a mas não concordo" ou "estou totalmente de acordo" é da mais elementar regra do bom-senso e educação. Respeito que não se concorde, ÓPTIMO, só não respeito que não possa viver em paz com o que digo, com o que os outros dizem, se isso não ultrapassar a verdade e apenas a verdade.

barbed-wire-black-and-white-black-and-white-690800

5 comentários

Comentar post