Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

21.Fev.18

O lado humano da vida

David Marinho

Há dias discutia com alguém sobre quais as razões das coisas vintage estarem na moda. Dizia-me tal pessoa que era apenas porque a moda se recicla, como a própria vida. Mas a minha teoria vai mais longe: o vintage existe, não só pela necessidade de se querer reviver as coisas do passado, mas porque com a idade procuramos ter aquilo que achamos ser muito mais trabalhado (e por si só mais "belo"). E pude comprovar isso, quando ao passar numa dessas lojas famosas que vendem tudo (perceberam a minha fuga à publicidade gratuita?), e ao verem uma máquina de café de uma marca que é conhecida por ter uma linha vintage, tiveram o mesmo pensamento. O toque da máquina metálico, os mostradores com ponteiros antigo, as linhas que caracterizavam os velhos tempos, tudo. E isso traz vontade de levar para casa. É que o tempo conseguiu pôr milhões de coisas numa caixa, facilitando o transporte, a forma de manusear, de trabalhar, tudo. Mas ter tudo "espalhado", essa dificuldade trazia pessoas para mexer nas coisas. Tornava tudo muito mais humano e por si só "menos trabalhoso". A facilidade de viver tirou o lado humano às coisas, e é por isso que esta máquina de café é a personificação do que a idade vai pedindo com o passar dela: um sentido últil de viver.

2 comentários

Comentar post