Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

27.Fev.18

Porque a chuva é tão mal amada?

David Marinho

Dia de chuva em dia de folga devia ser feriado nacional. A chuva nestes dias tem um traço especial: o som ao bater na janela enquanto se dorme ou descansa, o som violento quando vem em enxurrada que nem uma janela dupla consegue suster e, estando na rua a caminho de casa, poder estar debaixo dela sem qualquer pudor é qualquer coisa de extraordinário (não me façam engolir estas lindas palavras, se faz favor!). E é com esta chuva que eu percebo os gatos que acampam à janela por qualquer coisa, porque é movimento e óptimo para a fotografia, porque põe tudo a meia luz que serve tanto para não fazer nada como para simplesmente apreciar (mesmo não fazendo nada, ok).

Eu percebo que não tenha assim tantos adeptos, mas vamos apreciá-la uma vez que seja.

pexels-photo-459451.jpeg

10 comentários

Comentar post