Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

01.Jun.18

Sou a favor da eutanásia

David Marinho

A Eutanásia é daqueles assuntos que nunca terá concordância com nada nem ninguém. Uns por acharem que só passando pelas coisas é que se tem noção exacta do que é e do que não é, outros porque a vida é um bem maior e outros porque a morte é um direito, como a vida.

Eu acho que tudo isto explica-se pelo profundo medo da morte porque não temos quem nos diga o que está para lá do fim. A ideia de que se pode perder algo para sempre é tal, que prolongamos constantemente a vida até ao limite biologicamente aceitável. E com isso prolongámos a decisão de ficar ou não ficar quando queremos.

A sensação que me deu nos últimos dias, e perdoem-me se estiver errado, é que muitos não sabem as implicações reais desta temática. Uns por acharem que é suicídio puro, outros por acharem que é um acto de bandalheira e outros por acharem que a vida tem de ser preservada e que é uma entidade superior que deve levar as pessoas, seja qual for o seu estado. Não tomo partidos de nada mas...

...Eu sou a favor.

Por pontos:

  • Direito a uma vida sem dor é superior ao direito à vida;
  • Viver com dignidade é imperial. Falhando isto, somos um corpo oco à espera que nos levem;
  • Querem o bem-estar de um doente ou simplesmente manter o barco à tona da água?

Se é fácil ou difícil esta decisão por parte dos médicos é outra questão. O que sei é que há pessoas que deixaram de ter prazer de viver, e o quão terrível deve ser viver enclausurada num profundo desgosto que é não estar na posse de todos os sentidos, pelos mais diversos motivos, esperando que se acabe com todo o sofrimento.

Mas há algo mais.

Propunha que a partir de hoje se assinasse um termo de responsabilidade em como estamos nas mãos da nossa própria sorte. E no caso de estarmos presos por um fio, que a decisão fique tomada. Digo assim para generalizar mas vocês percebem. Porque se o próprio não consegue decidir por si, que esteja decidido de antemão. É fácil, é difícil? Não sei.

6bf8bc4942b603dfa0ea35eb0b0e6a80.jpg

 créditos

 

6 comentários

Comentar post