Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

10.Set.18

Sabem o que quero neste momento?

David Marinho
Morreria neste momento por um arroz de marisco.Não morreria, que isso implicaria matarem-me mas era algo que me iria cair bem, alegrar para o resto do dia e quiçá, despertar-me para uma segunda que está a ser adormecida e chata. Nunca devemos agir por impulso porque depois as coisas estragam-se mais facilmente, emocionalmente falando. Quantas vezes não queremos muito uma coisa e depois não sabe da maneira que queríamos? Não quero isso.Mas o impulso (único até) é este. Um prato (...)
08.Set.18

Já conhecem o restaurante Ciau Gaucho?

David Marinho
Antes de mais dei 4.5 mas não me deixam dar menos que 5.Adorei o restaurante e divido a minha opinião em três grandes grupos:- Serviço;- Comida;- Espaço;Fiz a reserva por telefone, por achar que à hora que fui numa Sexta podia ser complicado arranjar mesa - não foi. O restaurante estava vazio (20h) e o empregado deu-nos a escolher várias mesas de opção. Extremamente simpático (é estrangeiro) e sempre disponível, apesar de apenas um empregado para todo o restaurante. Quando (...)
06.Jul.18

A história da bolacha Gertrudes

David Marinho
Quem nunca se sentou a comer uma bolacha, e pensou: "que se foda, sou eu que mando no mundo agora!"?Ninguém.Mas visto que estou a passar por uma fase de desinspiracao total, vou-vos contar a história desta bolacha que, como tantas outras, emigrou atrás de uma vida melhor e morreu na boca de um estúpido qualquer. Para proteger a identidade dela, vou-lhe chamar Gertrudes. A Gertrudes, espanhola, foi feita em meados do ano passado. Era uma bolacha feliz, viva entre caixas e caixinhas nos (...)