Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

10.Set.18

Sabem o que quero neste momento?

David Marinho
Morreria neste momento por um arroz de marisco.Não morreria, que isso implicaria matarem-me mas era algo que me iria cair bem, alegrar para o resto do dia e quiçá, despertar-me para uma segunda que está a ser adormecida e chata. Nunca devemos agir por impulso porque depois as coisas estragam-se mais facilmente, emocionalmente falando. Quantas vezes não queremos muito uma coisa e depois não sabe da maneira que queríamos? Não quero isso.Mas o impulso (único até) é este. Um prato (...)
03.Mar.18

A minha vida dava um cheesecake

David Marinho
A minha vida podia perfeitamente ser toda construída à volta de um cheesecake.Esta foi daquelas sobremesas que me fez pensar no sentido da vida, porque quer seja de limão ou frutos vermelhos, eu comia disto até falecer.Este pedaço de mau caminho gastronómico, tem toda uma textura que me transporta automaticamente para uma zona de conforto do qual me habitua mal, e até em certa medida me faz mal.E a receita é tão fácil... Ingredientes:1 lata leite condensado1 pacote de bolacha Maria
13.Jan.18

Sai um cozido para a vegetariana, sff

David Marinho
Então e abri-vos o apetite ontem? Por falar nisso, hoje enquanto ia no comboio, fui ouvindo uma conversa, e eis que presenciei um pouco da dor de uma das senhoras, que aparentemente era vegetariana:   Senhora 1: Ando há uma data de tempo para fazer um prato assim...farto.  Senhora 2: Então e porque não fazes?  Senhora 1: Porque é pesado, não queria...mas apetece tanto. Senhora 2: Mas que raio de prato é esse?  Senhora 1: Cozido. Depois tens de lá ir!  Senhora 2: Agora? Agora (...)