Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

28.Mai.17

Comboio da vida

David Marinho
Às vezes vemos a vida a passar a alta velocidade. Vemos tudo desfocado, em linhas de luzes, sentados à porta de uma carruagem de comboio antiga. E é o vento que nos vai levando ao destino, e é ao vento que tornaremos. Pudera eu ter os medos de uma criança de 5 anos, e poder pela primeira vez, outra vez, pisar uma escola, reaprender a vida, reviver a vida, com a inocência que já não podemos ter. Poder ter as primeiras feridas, os primeiros amores, os aborrecimentos de uma vida tão (...)