Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

22.Fev.18

Tudo fluí de forma natural, não deveria ser sempre assim?

David Marinho

Hoje deitar-me-ei descansado. Quantos poderão dizer o mesmo, esses que andam para aí perdidos na vida. Deitar-me-ei mais ou menos cansado, com a consciência de que o dia passou e acabou. E é essa certeza que às vezes determina o sono da insónia, o descanso do cansaço extra numa cama, o correcto do incorrecto. Pensar que há coisas que ficam nos sítios certos, que não levamos para casa, é meio caminho andado para se andar bem, olhar e reparar que tudo fluí de forma natural. Há lá coisa melhor para se ser feliz do que esta coisa de liberdade. Não são os brutos carros e as brutas casas...é a alma apaziguada. É poder parar para apreciar, é poder escutar por 2 minutos sem que isso interfira no seu rumo emocional desgastado. Tudo fluí, e deveria ser sempre assim, não é?

Bom dia, que a cama chama-me.

10 comentários

Comentar post